Foi Testado Internet, opiniões, piada e crítica sobre a política, que virou uma piada, de mau gosto

Para defender Garotinho, Brasil 247 e DCM atacam delegado da PF, com desonestidade intelectual.


Não se espan
...

VinteNovembro2016

Garotinho, Brasil 247 e DCM atacam delegado da PF, com
Para defender Garotinho, Brasil 247 e DCM atacam delegado da PF, com desonestidade intelectual.
Não se espante se ver alguns destes blogs - pelo menos um foi financiado pelo governo do PT e tem dono envolvido em escândalos de corrupção - sair inventando outras coisas para defender Cabral, até porque ambos tinham ligações muito fortes com o PT, faz parte da agenda deles defender aliados sujos que ainda podem vir a abastecer suas centrais de boataria, como aquela que dizia que 'procuradores afirmaram não ter provas contra Lula, apenas convicções', também foi difundida por estes tipos. A intenção destes petistas não é apenas defender corruptos, mas manchar a reputação de investigadores, de instituições como PF e MP, também enfraquecer a Lava-Jato e garantir que a cleptocracia sobreviva, nem que capenga, pois são os piores corruptos que gastam dinheiro de impostos do povo em mídias mentirosas, pois a mentira é o caminho escolhido - e único possível - para político incompetente, corrupto e populista voltar a se eleger.
curtiu issoVeja o que informou Jornal LivreJornalivre:
"Os sites de extrema-esquerda Brasil 247 e o Diario do Centro do Mundo começaram a perseguir delegado que prendeu o ex-governador Anthony Garotinho.
A matéria do DCM, e replicada pelo Brasil 247, acusa o delegado da PF, Paulo Cassiano Júnior de ter feito campanha para para o adversário de Garotinho na cidade de Campos e que isso torna a prisão de Garotinho suspeita.
No entanto o papel do delegado é apenas prender, quem determina a prisão é o juiz; isso torna a opção política do delegado completamente irrelevante no caso. O objetivo dessa narrativa claro: fazer perseguição política e causar constrangimentos ao trabalho da Polícia Federal. É uma maneira de preparar um discurso de abuso de autoridade para usar uma eventual prisão do ex-presidente Lula".
curtiu issoFonte: jornalivre.com/2016/11/18/brasil-247-comeca-a-perseguir-delegado-que-prendeu-garotinho

- Mas petistas e aqueles mentirosos que diziam fazer 'oposição à esquerda' contra o desgoverno do PT, também estão atacando a justiça e até em defesa de Sérgio Cabral. É só um corrupto aliado do PT - no caso, de Dilma e Lula que são como patrões do PSoL e PCdoB, que foram escolhidos como líderes máximos da extrema-esquerda fascista - ir parar atrás das grades para que, aqueles que mentem defender o povo pobre, comessem sua ladainha desonesta em defesa de corruptos.
curtiu issoLeia parte do que informou Luciano Henrique AyanLuciano Ayan:
"Na página do deputado Jean Wyllys, o mesmo. Ele postou ainda ontem um textão no qual critica a atuação da polícia e do sistema judiciário em face das prisões de Anthony Garotinho e Sérgio Cabral. No texto, ele vem com a já conhecida conversa sobre “estado de direito”, violação de direitos humanos, etc. Tudo, naturalmente, não passa de teatro. E qual seria o objetivo disso, afinal?
Um dos principais objetivos certamente é preparar a cama. Se eles forçarem essa narrativa desde já, vão acostumar as pessoas com a ideia de que prender políticos é errado, pois na realidade é exatamente isso que eles querem dizer. Assim, quando prenderem Lula ou qualquer outro dos muitos que estão envolvidos nos mesmos esquemas, eles terão a narrativa pronta e já em uso.
Outro objetivo, certamente, é posar de dono das virtudes, mostrar “compaixão” até mesmo com os adversários[Jean Wyllys também achou a prisão de Eduardo Cunha um exagero, fez textão]. A questão, entretanto, é que Garotinho ou Cabral não são adversários de gente como Jean Wyllys. Pelo contrário".
curtiu issoLeia mais em: ceticismopolitico.com/o-teatrinho-dos-esquerdistas-que-foram-contra-a-prisao-de-garotinho

curtiu isso'Luciano Ayan' lembrou também que, a pose de dono da virtude que Wyllys tenta passar, é uma fraude, pois um amiguinho LGBT do deputado disse que pegaria em armas para combater adversários políticos evangélicos e, Wyllys sorriu. Ora, que preocupação real tem Wyllys com 'direitos humanos' se acha graça de pessoas querendo se matar por política? Wyllys se preocupa com os 'direitos humanos' de venezuelanos sofrendo os horrores que Maduro, amiguinho e ídolo do PSoL, pratica na Venezuela? Não, mas está supostamente preocupado com direitos humanos de corruptos.

Brasil 247 começa a perseguir delegado que prendeu Garotinhojornalivre.com

MBL - Movimento Brasil Livre

Estão forçando a narrativa de que a Polícia Federal comete "abusos" para depois tentarem proteger Lula com os mesmos argumentos fajutos.

Brasil Mídia Vendida Esgotosfera PF Desonestidade intelectual PT Corrupção Lula Petista Corrupto MPF Lava Jato

10 medidas: Deputado petista citado na Lava-Jato, na comissão que analisa as 10... Petista José de Abreu venderá AP em Paris comprado com 300 mil que recebeu? - ... Juiz Sergio Moro bate boca com advogada de investigado por corrupção na Petrobras; veja vídeo Como trocar a navbar no blogger Pró reitor da UNRF defende invasão e censura opositores, diz vídeo do MBL com Kim Kataguiri... Inserir gadget de inscrição de Feed e Rss por E-mail do blogger José de Abreu terá de devolver R$ 300.000 captados via Rouanet. O casal cuspido agora pode pedir sua prisão… Villa faz alerta aos corruptos que querem sabotar a Lava Jato: "O povo não vai mais se ajoelhar e dizer 'sim, senhor', essa fase já passou"; veja vídeo Prisão de Cabral, amigo de Lula, assusta petistas. O próximo pode ser Lula- Segundo... “Palhaços” que andam soltos pelas ruas são finalmente encontrados Abaixo assinado online contra trabalho escravo no Brasil Temer afirma que proposta de reforma da previdência já está pronta Recurso à OEA é conversa mole que não dará em nada, diz Reinaldo Azevedo Estudantes da UNB pedem Fora UNE, diz vídeo do MBL- Se estudantes fazem... José de Abreu terá de devolver R$ 300.000 captados via Rouanet. O casal cuspido agora pode pedir sua prisão…

Mais 10
PoliticaPolítica de privacidade