Foi Testado Internet, opiniões, piada e crítica sobre a política, que virou uma piada, de mau gosto

Kátia Abreu, que nomeou um podre para setor na Agricultura, ataca a PF por esta fazer

seu trabalho.
Você po
...

Vinte e DoisMarço2017

que nomeou um podre para setor na Agricultura, ataca a PF por
Kátia Abreu, que nomeou 'um podre' para setor na Agricultura, ataca a PF por esta fazer seu trabalho.
Você pode estar certo de uma coisa, se tudo não viesse a público, políticos comparsas de Kátia teriam abafado, e, amanhã ou depois, o setor da carne brasileira estaria tão podre quanto os meios políticos por onde circula Kátia, a amiguinha da Dilma. E ela, com seu desejo de deixar a podridão rolar, no estilo petista, faz justamente o que comunistas sujos fazem, acusam os outros de suas intenções, que são, prejudicar o Brasil em prol de mesquinharia, de deixar o país loteado por políticos corruptos que prejudicam até a fiscalização de alimentos que vão para mesa do brasileiro. Por que Kátia não confessa que tem pena de frigoríficos que tinham seu partido como um dos maiores recebedores de dinheiro? A JBS/Friboi não doou milhões para o PMDB que enfiou parte na eleição de Kátia?
Curtiu isso Leia parte do que informou Imprensa Viva e declarações da amiguinha de Dilma:
"A parlamentar[Kátia Abreu] disse se sentir “derrotada” com os danos causados pela Operação Carne Fraca ao setor.
“Praticaram crime de lesa-pátria. Como Ministra, percorri o mundo quase três vezes para abrir as portas para a carne do Brasil. Nós, com a credibilidade da nossa sanidade e do nosso Ministério, conseguimos abrir tudo. E essa ação da Polícia Federal pode nos dar um atraso de quase dez anos na nossa vida, na nossa história, por vaidade, por arrogância, por abuso de autoridade”, afirmou Kátia Abreu, que acabou contradizendo tudo que disse ao reconhecer que pessoas ligadas ao setor praticaram de fato os crimes investigados pela Polícia Federal.
Com se não bastassem as contradições, ex-ministra de Dilma acabou confessando, na tribuna do Senado, que nomeou Daniel Gonçalves Filho como superintendente de Agricultura, Pecuária e Abastecimento no Paraná. O ex-superintendente nomeado por Kátia Abreu foi preso na Operação Carne Fraca. A então ministra encontrou irregularidades na ficha do candidato ao cargo, mas mesmo assim o nomeou para a vaga, alegando ter sofrido 'pressões políticas'.
“Vamos expurgar essa minoria, essa minoria que tentou destruir o País, que não pensou duas vezes além do seu próprio bolso, dos eu próprio interesse em colocar em risco uma coisa tão preciosa para nós, brasileiros”, conclui a ex-ministra, após ofender duramente o trabalho realizado por mais de 1.100 agentes federais".
Curtiu isso Fonte, ler completo: www.imprensaviva.com/2017/03/ministra-da-agricultura-durante-o-auge.html

Brasil Dilma Petista Corrupto JBS Friboi Kátia Abreu Cultura Preso Política

Mais 10
PoliticaPolítica de privacidade