Foi Testado Internet, opiniões, piada e crítica sobre a política, que virou uma piada, de mau gosto

Comediante Diogo Portugal detonou corruptos em stand up - Ele foi inteligente, parece que

desenvolveu até uma téc...

DoisJulho2017

Portugal detonou corruptos em stand up.Ele foi inteligente,
Comediante Diogo Portugal detonou corruptos em stand up.
Ele foi inteligente, parece que desenvolveu até uma técnica especial, começou com Temer, detonou Eduardo Cunha, em seguida a Dilma e por ultimo Lula. A sequência pode ter servido para 'amolecer o coração de petistas', se é que tinha algum petista presente e que não estivesse cansado de ver seus companheiros 'apanharem' de comediante, ao tentarem censurar o humor.
Curtiu isso Vídeo em: facebook.com/mblivre/videos/627680180689462
Chocado A 'sorte' é que o brasileiro sabe rir da própria desgraça, talvez por estar acostumado a ter vida difícil é um ser tão criativo que, antes mesmo da Dilma pensar em estocar vento, ele já fazia 'pastel de vento'.

Play Video

MBL - Movimento Brasil Livre

Diogo Portugal detonou corruptos em seu stand up.

Michel Temer Dilma Lula Petista Famosos Censura Humor Vídeo Brasil Criativo

Foto de Lula com operador de propina entregue a Sergio Moro desmente Lula, que negou ter recebido... Em protesto, sindicalistas impedem acesso de médico ao hospital - Um médico relatou que... Rogério Marinho detona Lindbergh e PT: deram 200 bi para corporações das elite, em... Segundo Requião, que viajou, Fora Temer é golpe dos EUA - ... Magno Malta questiona palestra fantasma de Lula após petistas reclamarem das... Janot é The Flash para denunciar Temer, tartaruga nos inquéritos de Lula; diz meme... Deputada petista cita a Bíblia para pedir derramamento de sangue - Só de ouvir a... Folha de SP dá espaço para bandido condenado pedir Diretas Já e mentir - O... Ex-ministro petista, José Eduardo Cardozo, recebe carinho do povo em livraria.... Seguindo a lei, policiais civis atacam ditadura de Maduro e convocam o povo venezuelano a se...

Mais 10
PoliticaPolítica de privacidade